Loading...

segunda-feira, março 15, 2010

SERVIÇO DE ANIMAÇÃO LITURGICA.



Todas as pastorais brotam da liturgia e a ela convergem. A liturgia deve dinamizar todas as pastorais e movimentos. Uma celebração litúrgica não é algo que cai pronto do céu: requer preparação. É uma realidade que deve ser pensada e preparada com muito carinho.
Fazem parte do serviço de animação litúrgica:
a) A equipe de liturgia
b) As equipes de celebração.

a) A equipe litúrgica:
É formada por membros da comunidade que tenham a tarefa específica de celebrar, ou que sintam carinho e aptidão para este tipo de serviço.
Ela é formada:
 Pelo coordenador/a
 Pelo padre e pelos ministros da comunidade
 Pelos representantes das pastorais que amem a liturgia e que tenham a tarefa de dinamizar liturgicamente a pastoral
 Pelos representantes de cada equipe de celebração
 Pelos representantes do canto litúrgico.

Tarefa da equipe de liturgia:
 Garantir a vida litúrgica da comunidade
 Coordenar as atividades das equipes de celebração e escalá-las para diversas celebrações
 Programar e avaliar a atividade da pastoral litúrgica
 Favorecer cursos, encontros de formação para equipes de celebração.
 Promover a dimensão litúrgica junto a movimentos e pastorais
 Manter a ligação com a paróquia e ou setor.
 Organizar a preparação semanal para apresentação das leituras, comentários, preces, homilia... (A esta preparação deve participar, pelos menos o coordenador/a).
 Se reunir pelo menos uma vez por mês.

b) Equipe de celebração:
É um grupo de pessoas pertencentes a uma pastoral, movimentos ou bairro que se encarrega de preparar em específica celebração.
Ela é formada:
 Pelo coordenador, representante da pastoral.
 Pelo comentarista
 Pelos leitores e salmistas
 Pelos acólitos e pessoas encarregadas da acolhida e coletas
 Pelos cantores/as e músicos

Tarefa da equipe de celebração:
 Organizar o local da celebração para que seja acolhedor e agradável
 Escolher com antecedência os leitores e comentaristas, e, se forem vários, escalá-los.
 Fazer a preparação semanal da celebração para o qual foi escalada, junto com a equipe da liturgia.
 Nesta preparação semanal devem participar obrigatoriamente leitores escalados para o Domingo seguinte. Nunca se entrega uma leitura a quem não esteja preparado com antecedência.  O comentarista, ao introduzir a leitura, evite dizer o nome do leitor (a proclamação da Palavra não é um espetáculo).
 O comentarista se for oportuno, pode anunciar capítulo e versículos da leitura. Melhor seria escrever num cartaz, à vista de todos, o capítulo e versículos.
 Distribuir as tarefas da celebração e prepará-la a fim de que todos possam participar.
 Ser criativos e, ao mesmo tempo, se ater as regras litúrgicas da Região e da comunidade.

Dicas para o Presidente da Assembléia:
 O primeiro ato do Presidente da Assembléia chegando, é o beijo e a invocação da Trindade. Não é oportuno cumprimentar a Assembléia antes disso.
 O presidente, sempre que possível, participe da preparação semanal da celebração, ou, se não puder participar, se informe com o/a responsável do andamento detalhado da celebração.
 Seria oportuno um momento de silencio antes da coleta para todos colocarem as suas intenções particulares; depois da homilia, para o povo interiorizar a mensagem e depois comunhão para favorecer a intimidade com Jesus.
 O Presidente evite repetir anúncios já feitos pelo comentarista, a não ser que o faça para dar mais realce.

Dicas para os comentaristas.
 O ministério do comentarista é muito importante porque tem o papel de introduzir, orientar e acompanhar a assembléia em todos os momentos da celebração;
 É como o professor que acompanha o aluno para ele aprender.
 Se possível, personalize os comentários, falando para o povo e não lendo: comentarista não é leitor!
 O comentarista deve conhecer muito bem todos os momentos da celebração, especialmente nas festas e solenidades.
 Deve também ter conhecimento do mistério litúrgico celebrado, do conteúdo e das leituras.
 Os comentários e as leituras devem ser breves e objetivas.
 No inicio da celebração deverá falar de forma que a Assembléia se disponha a uma atenta celebração.
 Ele pode e deve chamar a atenção sobre os principais momentos da celebração.
 Se couber a ele dar avisos e recados, seja breve, claro e objetivo.

Dicas para cantores e tocadores:
 O cantor/a na Igreja deve saber que está exercendo um verdadeiro ministério – serviço e como tal se põe a serviço do povo e da comunidade e não de si mesmo.
 A escolha das músicas e cantos deve obedecer a um critério litúrgico e nunca se faz a gosto ou de qualquer jeito.
 Seria oportuno que, pelos menos dentro da mesma paróquia se cantem os mesmos cantos, como sinal de unidade.
 Cantores e tocadores devem ensaiar juntos pelos menos uma vez ao mês ou toda vez que haja um canto novo. Evita-se longos ensaios antes da celebração.
 Entre os músicos haja alguém que saiba mexer com o som para testá-los antes da celebração.

8 comentários:

  1. Parabés pelo seu blog
    gostei muito!

    ResponderExcluir
  2. BOA TARDE, NChris... saber que meu blog esta podendo audar pessoas... seja sempre bem vindo... olha que muito nosso Deus Pai das Misericórdias te abençoe bem como toda sua família.

    ResponderExcluir
  3. VISITE OUTRAS POSTAGENS TENHO CERTEZA QUE VC VAI GOSTAR E SE TIVER DUVIDADS PODE CONTAR COMIGO QUE JUNTOS PODEMOS ENCONTRAR UMA RESPOSTA PARA NÓS. SE CUIDA E FICA NA GRAÇA DE MARIA E DO BEATO JOÃO PAULO II.

    ResponderExcluir
  4. Padre, a benção!

    O senhor falou na celebração da terça feira, às 19 horas (na capela São João Batista), que tinha um Blogger resolvi procura-lo. Vou me apresentar: sou coordenadora da liturgia da São João Batista, meu nome é Marilia. Estamos radiantes com a sua permanência no meio de nós, mesmo sendo por um período indeterminado como o senhor mesmo disse. Um padre jovem que tem uma intimidade tão grande com Deus, que fala coisa tão simples e podemos aproveitar muito em nossas vidas. Após a missa de terça, reuni com a equipe de liturgia para a reflexão da celebração do fim de semana, posso afirmar que em vários momentos de reflexão alguém colocava alguma coisa de sua homilia, enriquecendo assim o nosso encontro. Que Deus o abençoe e faça sua permanecia entre nós possa ser por um longo período.

    A Paz

    Marilia

    ResponderExcluir
  5. Boa tarde meu amigo e pastor, hoje começa o trido na capela São João Batista/Jardim da Penha/ Vitória -Es, ás 19horas e trinta minutos,
    até quarta feira, no dia 24 festejarmos o dia do nosso padroeiro São João Batista que com missa solene às 19h presidida pelo nosso querido padre João Marcelo.. a benção

    ResponderExcluir
  6. Pe.Jairo o senhor ajuda a gente como, o que valorizar na celebração de acordo com cada domingo? cada Evangelho?

    ResponderExcluir
  7. Pe.Jairo o senhor ajuda a gente como, o que valorizar na celebração de acordo com cada domingo? cada Evangelho?
    Ribas do Rio Pardo-MS.

    ResponderExcluir
  8. Pe. Jairo, o senhor ajuda a gente como exp. "o que valorizar na celebração? de acordo com cada domingo e cada Evangelho?
    Ribas do Rio Pardo MS.

    ResponderExcluir